Copy
Ver o email no teu browser
Parte 01.
A Little Life
setecentas e vinte paginas acompanham a história de quatro amigos, desde a faculdade até à vida adulta. Jude, Willem, Malcom e  JB. Setecentas e vinte paginas que passam a voar. 
A crítica tem-se divido, as opiniões do público também. 
Por cá, a opinião é unânime; não é um livro para todos mas tem uma beleza sublime. 
redenção|rendição.
É daquelas histórias em que o leitor é convidado a participar e formar a sua visão da história.  Um  pouco como o Som e a Fúria (conseguimos traçar um paralelo entre Jude e uma das personagens de Faulkner - mais no sentido pessoal que no literário) ou Peeping Tom. As palavras tornam-nos cúmplices dos seus actos, mas podemos escolher os que realmente são importantes para nos. E claro, isso muda a nossa opinião sobre o livro. 

 
Parte 02.
The Great Escape
Patrick Watson
 
Close to paradise foi a banda sonora nos dias de A little life. Uma intercepção perfeita entre is dois. Looking for the Great Escape toca por cá há alguns anos e promete continuar a aquecer o coração durante muitos outros
Parte 03.
Patricia Lee Smith.
 
Em entrevista ao The Talks, mas a lembrar Just Kids, que  está na lista dos favoritos de todo o sempre. Não só por ser uma inside story sobre os anos da Factory e da vida em Nova Iorque numa das épocas mais frenéticas da História, mas por nos mostrar a leveza de Patti Smith que contrasta com a energia da grande parte das suas músicas. 
Caos, drogas, sujidade, "os primeiros anos" do HIV, espiritualidade, beleza, arte, graciosidade. 
A autobiografia de Patti Smith transporta-nos por todas essas coisas provocando uma sensação que é difícil de descrever. 
Entre a certeza no poder da sua voz e a sua capacidade de aceitar e seguir em frente, sem magoa. Leve como uma pena. 
 
Parte 04.
Nick Cave.
 
 
A sugestão da WilliamSe leram a última edição, ja sabiam que o Primavera Sound estava no line up. A ser aguaradado desde novembro de 2017, data da divulgação de Nick Cave como um dos nomes principais para o festival. 
O que se passou naquele lugar foi algo que dificilmente se voltará a repetir.
Fica o último álbum, a terminar uma sequência de uma edição sobre beleza colateral.


fotografia @iriadelbosque
OUVIR
*antes da próxima William. Na edição Falhar melhor, da Granta, existe um texto de Paulo Varela Gomes. 
Partilha a William com quem mais gostas!
Share
Tweet
Forward
Queres falar connosco, dizer olá  ou partilhar algo na William?
Envia-nos um email!






This email was sent to <<Email*>>
why did I get this?    unsubscribe from this list    update subscription preferences
William · . · . . · Portugal

Email Marketing Powered by Mailchimp